Geração Z: entenda como gerenciar esses profissionais no seu negócio

Tempo de leitura: 6 minutos

A forma como entendemos o trabalho muda ao longo do tempo de acordo com a mentalidade e as crenças em uma época. Uma maneira de avaliar essas mudanças é levando em conta as gerações que são representativas de seu tempo, como são as gerações X, Y e, agora recentemente, a geração Z. 

Essa geração, que tem despontado no mercado trazendo novas relações com as condições de trabalho, coloca desafios para qualquer RH convencional. Mas, saber recrutar e manter esses profissionais na empresa é, também, um diferencial competitivo e a oportunidade de modernização do negócio.

Entenda neste post o que caracteriza a geração Z e como aproveitar esses profissionais na empresa. Vamos lá?

Entenda a geração Z

A geração Z tem como integrantes todas pessoas nascidas a partir de 1995 e que, portanto, estão hoje possivelmente ingressando no mercado de trabalho. 

A maior característica dessa geração é ter crescido em ambientes online e conectados, fazendo deles os verdadeiros “nativos digitais”. 

Ainda que tenha tido influência de uma mentalidade anterior (a da geração Y), principalmente por meio da TV e da cultura pop, a geração Z já surge como retrato das relações mediadas pela internet e dos processos de globalização.

Enquanto os jovens dessa geração cresciam, uma série de tecnologias foram adaptadas e incorporadas em suas rotinas diárias.

Ao contrário das gerações anteriores, que valorizam a estabilidade, carreiras inteiras em uma mesma empresa e encaram o trabalho sob uma perspectiva prática, a geração Z prioriza ambientes mais humanizados e quer vincular sua profissão aos seus propósitos de vida. 

Além disso, são jovens talentos que:

  • valorizam a experiência;

  • não se identificam com hierarquias muito enrijecidas;

  • preferem a flexibilidade e trabalhos home office;

  • são abertos e defendem a diversidade e a colaboração;

  • abraçam com facilidade tudo o que é novo; 

  • gostam de trabalhos desafiadores, que os fazem crescer e que, de alguma forma, agregam conhecimento. 

Já conseguiu visualizar alguém na empresa ou próximo de você com esse perfil, não é verdade? 

Para as empresas mais tradicionais, recrutar e gerir esses profissionais é uma tarefa difícil, já que é preciso conciliá-los com o time que já atua no negócio. Aqui vão algumas dicas para ajudar nesse processo.

Preze pela honestidade e por valores sólidos

Os jovens da geração Z são bastante assertivos quando o assunto é valores e crença.

Para eles, estar em um ambiente que faça sentido diante de seus propósitos pessoais é essencial e, por isso, se sentem frustrados quando percebem que algo não funciona tão bem assim.

Por isso, a transparência com relação aos valores de uma organização, assim como suas aplicações práticas no dia a dia da empresa, são fundamentais. Trata-se da valorização da ética na cultural organizacional. 

A honestidade dos líderes e gestores no trato com esses profissionais é essencial para garantir a confiança e a participação ativa desses jovens. 

Incentive a conexão

Como nativos digitais, a conexão com a internet e com dispositivos móveis faz parte da rotina desses jovens e, assim, deve ser integrada ao ambiente de trabalho. Acesso à internet sem restrições é um passo básico nesse quesito. 

Além disso, incentive o uso das redes sociais como forma de divulgar e realizar o próprio trabalho. Esses jovens têm mais facilidade nas interações online e melhor desempenho quando utilizam esses ambientes.

Uma vez conectados, projete no ambiente de trabalho uma linguagem moderna, inspirada nas próprias redes e formas de comunicação digital. Isso vai trazer frescor para a empresa e produzir uma mistura da vida online e offline, algo experienciado na prática pela geração Z.

Valorize a autonomia e a rotatividade

Os jovens talentos da geração Z não se sentem confortáveis com autoritarismo e preferem trabalhar com autonomia.

Nesse sentido, dê mais liberdade a esses profissionais, como por exemplo, implementando horários flexíveis e a possibilidade de trabalho home office. Autogestão é a palavra de ordem nesse cenário.

Esses jovens também costumam se desmotivar diante de atividades repetitivas. Desse modo, permita que o profissional execute diferentes funções em prazos determinados para que haja uma certa rotatividade. Assim, eles sentem que estão aprendendo cada vez mais. 

Promova o engajamento social

A geração Z gosta de sentir que seu trabalho tem impacto social positivo ou que a empresa tem uma atuação engajada na sociedade.

Promover o engajamento em causas sociais, como o meio ambiente, inclusão e diversidade, são exemplos de formas para aumentar o envolvimento desses profissionais com a empresa.

Por meio desse engajamento social, o jovem veste mais a camisa de empresa, cria uma sensação de pertencimento maior e consegue ter retornos produtivos ao negócio.

Aposte na gamificação

Essa é uma tendência das corporações e realidade principalmente nas startups. Trata-se da adoção de games nos mais distintos processos na empresa.

São diversos os exemplos de práticas nesse sentido, que vão desde o uso de óculos de realidade virtual para treinamentos até a criação de competições internas que envolvam desafios, conquistas de prêmios, etc.

Geralmente são oferecidas recompensas aos participantes que realizam as atividades, estimulando-se uma competitividade saudável e um ambiente mais divertido.  

Invista em bons salários e no planejamento de carreira

Como todo trabalhador, a geração Z também procura por bons salários. A diferença é que, por valorizarem a transparência, gostam também de conhecer claramente o plano de carreira.

São jovens movidos por desafios e que precisam saber o quanto podem crescer e aprimorar suas funções, assim como o quanto podem progredir financeiramente na empresa. 

É importante lembrar que, embora os nativos digitais tenham essas características, um fenômeno natural é que esses atributos sejam absorvidos pelos demais colaboradores. 

Tenha uma gestão de RH eficiente e moderna

Além das dicas que apresentamos, você pode contar com ferramentas eficazes de recrutamento e gestão de talentos para garantir o aprimoramento constante dos colaboradores e a seleção dos melhores candidatos. 

A Woli oferece uma plataforma de gestão de RH que auxilia no acompanhamento de todo o ciclo do colaborador na empresa, desde o recrutamento até o desligamento. 

O grande diferencial desse sistema é a possibilidade de realizar treinamentos virtuais para o desenvolvimento da performance dos funcionários, sejam eles da geração Z ou das demais gerações. 

A ferramenta é eficiente, também, em função de toda a expertise da Woli em educação corporativa e aprimoramento dos Recursos Humanos. 

Ficou curioso e quer saber mais sobre nossas soluções de gestão e treinamento para RH? Entre em contato com a gente! Será um prazer conversar com você.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *