7 estratégias imperdíveis para diminuir o turnover agora mesmo

Tempo de leitura: 6 minutos

O turnover, ou rotatividade de funcionários, como também é conhecido, é um assunto muito delicado dentro das empresas. Isso porque ele ocasiona diversas turbulências, tais quais: encargos trabalhistas (demissão, acerto, contratação de um novo funcionário), treinamento para o novo talento, perda do ritmo e esgotamento do time. Consequentemente, isso quebra a rotina organizacional e prejudica a produtividade.

Por isso, é necessário ter cuidado para que a taxa não aumente e fique mais baixa a cada estratégia traçada. Sendo assim, questionamos: como estão as taxas do indicador na sua empresa? Quer aprender como diminuir o turnover? Então, confira as nossas estratégias imperdíveis agora mesmo!

1. Estruture melhor todos os processos de contratação

Sabe aquele velho ditado de “cada um no seu quadrado”? Então, a questão é exatamente essa: cada talento precisa gostar do seu cargo e ser um expert na sua área. Muitas empresas pecam na hora da contratação de funcionários, não listando ou até mesmo não buscando um profissional que, além de competente, tenha o perfil da empresa.

Por exemplo, imagine que a sua organização faça diversas confraternizações e tenha funcionários que são engraçados, comunicativos e que adoram brincadeiras. Assim, de nada vai adiantar contratar um funcionário que entenda tudo sobre o seu trabalho, contudo, seja reservado e antissocial. Dessa maneira, ele sentirá que não se encaixa naquele lugar e não durará muito no emprego, concorda?

Sendo assim, ao traçar um perfil para determinado cargo, especifique o talento ideal e vá em busca disso. Não importa se leva mais tempo para contratar alguém, mas, ao assinar a carteira de trabalho de uma pessoa, há a certeza de que encontrou o profissional com fit cultural.

Caso a sua empresa não tenha essas determinações bem desenhadas, vale investir em uma consultoria externa para ajudar a encontrar o funcionário perfeito. Afinal, essas empresas têm experiência e recursos para selecionar com mais assertividade. Assim, além de você não perder tempo avaliando milhares de currículos, tem a certeza de uma contratação eficiente.

2. Implemente uma política de cargos e salários na sua empresa

Um dos maiores desgostos da vida de um profissional é não saber se o seu emprego tem algum tipo de futuro. Isto é, entramos na empresa com a ilusão de que há crescimento profissional e aumento de salário e se passam um, dois, três e quatro anos e nada muda — essa falta de retorno deixa as pessoas frustradas e desmotivadas, influenciando negativamente no clima organizacional.

Por isso, seja muito claro, objetivo e justo na hora de implementar uma política de cargos e salários. Assim, de uma maneira transparente e ética, cada funcionário sabe onde está e até onde pode chegar (além de saber o que precisa fazer para receber um aumento, por exemplo: curso, treinamento ou aperfeiçoar algumas habilidades e competências).

3. Invista em treinamentos

Por mais que você queira que o seu funcionário busque sozinho por qualificação profissional e traga ideias construtivas, é fundamental a sua empresa investir em treinamentos constantes. Neles, os funcionários têm a oportunidade de:

  • ampliar o seu networking;
  • conhecer pessoas do mesmo ramo de atuação;
  • aprender quais são as tendências mercadológicas;
  • verificar cases de sucesso de outras empresas;
  • implementar novas ideias que podem aumentar os indicadores comerciais da sua empresa;
  • ampliar a sua visão sobre o mercado nacional e internacional;
  • manter-se atualizado e motivado.

4. Dê feedbacks constantes para toda a equipe

Outro critério que merece a sua atenção na hora de diminuir o turnover relaciona-se com uma boa política de feedback. Com ela, os líderes podem conversar em grupo (ou individualmente) com a equipe, apontar os erros, avaliar os problemas e fazer com que o time busque soluções de melhoria constante, sempre considerando o ponto de vista de cada um.

Contudo, para isso, a sua empresa precisa ter um perfil mais liberal, de modo que os funcionários se sintam à vontade para expressarem suas respectivas opiniões. Por exemplo, se você tem um gestor que tem a fama de ser grosseiro, os funcionários não se sentirão à vontade para abordarem temas mais delicados.

Então, alinhe os gestores quanto a isso e busque desenvolver neles habilidades de motivação e comunicação. Caso contrário, a sua estratégia pode ter ação contrária ou simplesmente não ter efeito.

5. Ofereça benefícios interessantes

Se a sua equipe está motivada, dificilmente aceitará uma nova oportunidade de emprego. Então, para diminuir o turnover, é fundamental investir em benefícios interessantes. Confira algumas ideias:

  • curso on-line (educação à distância);
  • assinatura de uma revista digital;
  • tickets de restaurantes legais;
  • viagens;
  • dia de folga;
  • cupons de cinema, teatro e shows;
  • vale-compras;
  • passagens aéreas;
  • descontos em lojas virtuais.

6. Melhore o clima organizacional para diminuir o turnover

Não há como saber o que os funcionários pensam se não perguntar isso a eles. Para isso, semestralmente, invista em boas pesquisas de satisfação. Na pesquisa, lembre-se de perguntar tudo o que precisa saber sobre todos os processos da empresa.

Por exemplo, você pode imaginar que os seus funcionários querem um aumento o salário, quando, na verdade, eles querem uma oportunidade de crescimento profissional (bolsas de estudo, cursos e treinamentos). Portanto, quando receber esse retorno, pode criar um planejamento de comunicação interna rico e focado na realidade do seu negócio.

7. Faça festas de confraternização

As confraternizações das empresas são essenciais para as pessoas se conhecerem melhor, esquecerem um pouco da sua rotina e se divertirem. Para isso, faça um calendário de atividades focadas na socialização, realizando pelo menos um evento ao mês. Veja algumas ideias:

  • café da manhã com a produção;
  • happy hour;
  • halloween;
  • carnaval;
  • dia das crianças (organizar um evento para eles trazerem seus filhos);
  • dia da pizza.

Diminuir o turnover é uma constante preocupação de todas as empresas. Isso porque ele traz prejuízos e afeta diretamente no clima organizacional. Dessa forma, esse é um assunto que precisa ser discutido e planejado com cautela. A notícia boa é que existem diversas maneiras para você evitar a rotatividade de funcionários.

Neste post, você conferiu algumas estratégias para diminuir o turnover na sua organização. Gostou do assunto? Então, temos a certeza que vai adorar ler também sobre qual é o seu impacto dentro das empresas. Boa leitura e até o próximo post!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *