Team Building: como pode ajudar na motivação de uma equipe? Confira!

Tempo de leitura: 6 minutos

Em suas pesquisas sobre gestão em RH, você já se deparou com ações de grandes empresas em parques de diversões, atividades em meio a mata ou modernas arenas de jogos? Se a resposta for positiva, significa que você conheceu uma estratégia de Team Building.

Embora seja um conceito ainda desconhecido por muitas organizações, trata-se de uma das ações inovadoras do mercado. A tendência promete ser um grande diferencial no desenvolvimento de equipes e pode ser fundamental para a promoção de habilidades e retenção de talentos.

Se a sua companhia se interessa em reter talentos, abrir uma vantagem competitiva no mercado e ser reconhecida por estimular os colaboradores por meio de condutas interativas e transformadoras, continue a leitura e descubra mais sobre o Team Building!

O que é o Team Building?

O Team Building é uma estratégia que consiste em um treinamento empresarial lançado aos colaboradores e pode contemplar diversos objetivos. As ações realizadas em equipe buscam uma melhoria na relação entre os profissionais, proporcionando também o autoconhecimento emocional, desenvolvimento de talentos e de habilidades.

Nessa prática, são utilizadas dinâmicas de grupo, jogos ou atividades de aventura, realizados dentro ou fora da empresa. Ou seja, por meio de experiências reais, os desafios superados durante as dinâmicas são relacionados ao mundo corporativo, proporcionando o aprendizado de forma lúdica, desafiadora e interativa.

O objetivo principal pode ser definido entre o engajamento e a motivação. Uma vez que despertada a destreza de se trabalhar em conjunto, busca-se resolver os problemas da rotina de trabalho de forma colaborativa.

Como o Team Building promove a motivação?

Para que o Team Building atinja os objetivos mencionados acima, é necessário ter em mente que a estratégia foi pensada para proporcionar mais do que diversão para quem participa.

As atividades escolhidas devem, necessariamente, abordar um conteúdo relacionado à rotina de trabalho dos participantes, de modo que os profissionais compreendam suas funções dentro dos jogos ao mesmo tempo em que consigam claramente assimilar qual é a sua atuação dentro da empresa.

Portanto, ao buscar por sugestões de atividades, deve-se sempre levar em conta:

  • o entretenimento;
  • a informação que será passada;
  • quais experiências inovadoras serão proporcionadas;
  • de que forma contribuirá com o fortalecimento das relações;
  • o quanto poderá entusiasmar as equipes.

Para que as respostas sejam as mais próximas da realidade o possível, os gestores devem conhecer as demandas dos seus colaboradores. Nesse processo, é importante utilizar métricas e tecnologias que possibilitam a avaliação de desempenho individual e coletiva, pesquisas de clima organizacional e diagnóstico de equipes.

Dessa forma, a empresa consegue identificar o que precisa ser melhorado ou fortalecido e que as ações tragam resultados significativamente positivos para a organização.

Como colocar em prática?

Com os processos acima bem alinhados, é hora de colocar o Team Building em prática. Veja como isso pode ser feito:

  • estabeleça um propósito — a empresa deve ter uma finalidade que indique aos participantes onde devem chegar, fazendo com que todos se mantenham alinhados no mesmo propósito para alcançar os melhores resultados;
  • realize treinamentos fora do ambiente de trabalho — se uma das funções da estratégia é promover treinamentos descontraídos, o melhor é que sejam feitos fora do ambiente de trabalho. Participar de um circuito de aventuras em um hotel fazenda é uma ótima opção de atividade;
  • invista em atividades outdoor — você não precisa levar as equipes tão longe. Se a sua empresa tem um grande espaço de estacionamento, ou a cidade tem um grande parque, que tal promover uma gincana ou caça ao tesouro?

As alternativas apresentadas exigem que os membros dos times interajam entre si em busca de um único resultado, requisitos básicos de uma equipe empresarial de alta performance.

Não se esqueça de que o líder tem um papel muito importante nessa rotina e não deve ser excluído das atividades.

Quais são as vantagens?

É claro que não poderíamos encerrar este artigo sem listar as principais vantagens do Team Building! Acompanhe e veja por que você deve investir nessa estratégia:

Melhoria na comunicação interna na empresa

A integração entre os colaboradores promove uma melhora significativa na comunicação interna, requisito básico para que as operações de uma empresa sejam bem-sucedidas.

Essa vantagem faz bem para a organização como um todo, mas, principalmente, para os líderes que, além de trabalharem melhor a interação, ainda conhecem mais detalhadamente as características individuais e coletivas das equipes. Assim, consegue explorar melhor as qualidades de cada um em prol dos resultados positivos.

Auxílio na definição clara de objetivos e metas

Aproveitando o gancho da vantagem anterior, o conhecimento sobre os profissionais também auxiliam na definição de metas e objetivos e na atuação de cada um.

Metas reais são atingidas com mais facilidade e o alinhamento entre os trabalhadores é fundamental para que isso aconteça.

Otimização da produtividade organizacional

Uma equipe motivada e bem alinhada se torna mais produtiva. Quando há uma comunicação de qualidade e o trabalho é distribuído de acordo com as habilidades individuais, o clima organizacional melhora e, consequentemente, o rendimento.

Um grupo bem integrado, engajado e motivado é um grande diferencial para as empresas que buscam o constante crescimento.

Despertar o interesse dos colaboradores para metas maiores

Integração e crescimento da organização são vantagens explícitas, mas há uma que deve ser destacada: a possibilidade de despertar o interesse do público interno para novos desafios.

A tendência é que, com o passar do tempo e aplicação das atividades, eles comecem a desejar ir além e atingir metas cada vez maiores e desafiadores, o que pode ser ótimo para o negócio, uma vez que trabalharam para que as conquistas futuras sejam cada vez mais complexas.

Quando a demanda não for para objetivos mais elevados, pode ser para que sejam cumpridos com mais agilidade. Nesse caso, os resultados esperados podem surgir muito antes do que o planejado, o que também é ótimo!

Animado para implementar o Team Building na sua empresa? Certamente, os colaboradores ficarão bastante animados, seu trabalho será reconhecido e os gestores ficaram satisfeitos com os resultados!

Continue recebendo as melhores informações sobre o universo dos recursos humanos. Siga o nosso perfil nas redes sociais e fique informado! Estamos no Facebook, LinkedIn, Instagram e no YouTube. Até breve!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *