7 dicas de como implementar uma pesquisa de clima organizacional

Tempo de leitura: 7 minutos

Um desafio muito comum para as empresas é alinhar as expectativas dos gestores com as dos colaboradores. No entanto, existem alternativas para resolver essa aparente dificuldade, e a pesquisa de clima organizacional é uma delas. Você conhece essa ferramenta? Então, continue lendo para saber mais!

O que é uma pesquisa de clima organizacional e como ela funciona?

A pesquisa de clima organizacional é uma ferramenta que permite constatar e analisar as condições do ambiente da empresa, com a finalidade de torná-lo mais agradável para os colaboradores. Para isso, ela mensura o grau de satisfação dos funcionários em relação à organização e identifica fatores internos e externos que podem estar influenciando nesse sentimento.

Com a utilização desse método, é possível perceber a existência de falhas da empresa e verificar onde ela precisa melhorar ou, simplesmente, como ela pode ampliar sua qualidade para todos os envolvidos. Assim, esse é um instrumento capaz de agregar grande valor e crescimento organizacional.

Além disso, muitos fatores ligados às condições do ambiente empresarial podem, inclusive, prejudicar a motivação e a produtividade dos trabalhadores. Dessa forma, fornecer circunstâncias mais agradáveis e de maior qualidade também favorece o rendimento da organização.

Esse tipo de pesquisa também contribui para a criação de uma comunicação direta com os colaboradores, permitindo que a gestão de pessoas crie um planejamento estratégico de recursos humanos muito mais eficiente.

Como implementar uma pesquisa de clima organizacional na empresa?

Para implementar esse tipo de pesquisa em uma organização, você pode orientar-se por alguns passos básicos. Confira nossas dicas a seguir!

1. Defina objetivos

Um bom primeiro passo é identificar quais são seus objetivos ao se realizar a pesquisa. Qual é o seu intuito? Quais perguntas se deseja responder? Saber essas informações possibilitará um direcionamento maior, tornando a pesquisa mais clara e fácil.

2. Elabore um planejamento estratégico

Depois de identificar os objetivos da pesquisa, uma boa ideia é fazer um planejamento estratégico antes de colocá-la em prática. Com base no que se deseja descobrir, pense em fatores, como os temas que serão abordados e os tipos de questionários que serão utilizados.

Alguns assuntos relevantes que podem ser abordados são, por exemplo: a estrutura do local de trabalho, o plano de carreira e os incentivos ao estudo oferecidos, o salário e os benefícios e o sentimento do colaborador em relação a fazer parte da empresa. Os itens abordados serão escolhidos a partir dos seus objetivos.

Também, é importante definir se a pesquisa fará uma avaliação do clima na organização de um modo geral ou se focará em um evento específico, como uma festa realizada pela empresa. O planejamento também direcionará e otimizará o processo da pesquisa.

3. Informe aos colaboradores detalhadamente

Antes de aplicar a pesquisa, é muito importante informar aos colaboradores. Afinal, eles fazem parte do processo e têm o direito de saber o que está acontecendo. É interessante informá-los, por exemplo, sobre o que é a pesquisa de clima, quais serão seus objetivos, como e quando ela ocorrerá.

4. Reúna as informações

Esse é o momento de aplicar a pesquisa e, posteriormente, reunir as informações coletadas. Uma ideia prática é organizar os dados de acordo com os itens pesquisados.

5. Analise os resultados

Aqui, é importante analisar cada item, verificando os resultados obtidos e pensando em atitudes que a empresa pode tomar para corrigir suas falhas ou melhorar a satisfação de seus funcionários. É possível utilizar tabelas, gráficos e outros instrumentos que contribuam para a análise, e também é importante registrar um relatório com as informações e as percepções.

6. Planeje mudanças e estratégias

Depois de se realizar a pesquisa e a análise, chega o momento de planejar medidas para fazer as melhorias acontecerem. Isso deve ser feito com base nas informações obtidas e planejado de acordo com as possibilidades. A empresa pode, por exemplo, elaborar planos de curto, médio e longo prazos para colocar as ações em prática.

7. Dê feedbacks

É muito importante que os colaboradores recebam um feedback sobre o processo, os resultados da pesquisa e os planos de melhoria da empresa. É válido, inclusive, ouvi-los e pedir suas sugestões.

Como cuidar da aplicação da pesquisa de clima organizacional?

Vamos falar, agora, mais especificamente sobre a aplicação da pesquisa em si. Existem diferentes modelos de questionários e outras dicas nas quais você pode se basear para a realização desse processo. Confira!

1. Escolha e elabore o questionário

O questionário que será aplicado deve estar de acordo com os objetivos da pesquisa, de modo a promover respostas das perguntas desejadas. É possível utilizar, por exemplo, questões dissertativas ou de múltipla escolha.

Alguns modelos de questionário são:

  • Múltipla escolha com três opções de resposta: aqui, os colaboradores são instruídos a responder questões sobre diversos assuntos, como o contexto, a satisfação e o dia a dia na empresa, marcando “sim”, “não” ou “às vezes”.
  • Múltipla escolha com diversas alternativas: nesse modelo, o questionário contém perguntas com diversas alternativas cada, sendo que os colaboradores podem ser orientados a escolher uma ou mais das opções.
  • Questões de dissertação: nesse caso, as perguntas são abertas, e o funcionário pode respondê-las de maneira completamente livre, sem se ater a opções preestabelecidas.

Vale lembrar que é possível utilizar mais de um ou, mesmo, todos os modelos de questões no mesmo questionário. A opção é da empresa ou dos responsáveis pela pesquisa.

2. Escolha um bom momento para a aplicação do questionário

É importante que a aplicação do questionário ocorra em um momento confortável para os colaboradores. Não é uma boa ideia, por exemplo, ocupar seus intervalos ou momentos de descanso com isso. Deve haver boas condições na hora da submissão ao processo.

A empresa pode, por exemplo, separar uma data ou um horário específicos para a realização dessa prática ou, ainda, enviar o questionário em uma plataforma virtual, se considerar adequado.

3. Incentive a participação, mas não obrigue ninguém

É importante incentivar a participação dos funcionários e engajá-los na pesquisa. Um modo de fazer isso é, como já foi dito antes, informando os colaboradores sobre as características, os objetivos e a importância desse processo.

No entanto, não se deve obrigar ninguém a participar. Afinal, todos devem estar à vontade e fornecer respostas sinceras e espontâneas. Deixe claro que a participação é voluntária e que não haverá nenhuma penalidade para quem não quiser responder à pesquisa. Além disso, é essencial garantir que todas as respostas serão confidenciais e que ninguém será prejudicado por apontar falhas ou pontos negativos na empresa.

4. Envolva a diretoria

A participação dos diretores e acionistas na pesquisa de clima também é muito importante. Assim, todos os envolvidos com a organização serão integrados no processo.

Além disso, é válido manter esses profissionais informados para que eles não se assustem com um resultado negativo ou uma ação proposta.

Como se viu aqui, uma pesquisa de clima organizacional visa a trazer soluções práticas que possam ser efetivamente aplicadas na empresa, motivando seus colaboradores e contribuindo para a satisfação de todas as partes. Esperamos que você tenha gostado do texto! Para saber mais, entre em contato conosco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *