Confira o que é LMS e tudo o que você precisa saber sobre ele

Tempo de leitura: 18 minutos

Não dá para definir o que é LMS sem antes abordar as mudanças promovidas pelos avanços tecnológicos. Desde as interações sociais, passando pela educação e chegando nos ambientes corporativos, todas as esferas da sociedade foram impactadas por essa mudança.

O sistema LMS nasceu com essa modernização. Partindo da necessidade de fornecer treinamentos a distância para otimizar tempo e recursos, as organizações acabaram por criar uma grande tendência em comunicação e capacitação empresarial.

Para ajudar você a entender bem o que é e como funciona esse sistema, preparamos este post recheado de informações relevantes para que você possa implementar esse recurso no seu negócio. Continue a leitura e saiba mais!

O que é LMS ou Sistema de Gestão de Aprendizagem?

Você pode estar se perguntando: afinal, o que é LMS? A sigla vem do inglês, Learning Management System e tem como tradução Sistema de Gestão de Aprendizagem. Basicamente, trata-se de uma plataforma e-learning elaborada a partir de uma metodologia pedagógica que visa promover a educação por meio do ensino a distância.

O sistema oferece amplos recursos e diversas funcionalidades distintas, com o objetivo de promover o processo de aprendizagem online ao mesmo tempo em que possibilita um controle efetivo sobre suas atividades de planejamento, implementação e execução.

Dessa forma, a plataforma pode ser utilizada tanto por instituições de ensino como por empresas. No ambiente corporativo, sua finalidade é possibilitar que aconteça a logística educacional, que podemos definir com as estratégias voltadas para a aquisição de conteúdo que visam aperfeiçoar suas atividades dentro de uma determinada empresa.

Sendo assim, o sistema LMS atua como um facilitador para deixar o processo de aprendizagem dinâmico, interativo e inovador.

O que é LMS aplicado a empresas?

Como você pôde perceber, o LMS dentro das empresas assume o importante papel de aliado nas ferramentas para a educação corporativa. Seu principal objetivo é realizar o processo de aquisição de novas competências para os colaboradores, contribuindo para a melhoria de resultados oferecendo o chamado treinamento in company EAD.

O fruto dessa capacitação é óbvio: o aprendizado concedido ao trabalho. Assim, o gestor de RH tem em mãos uma plataforma para treinar habilidades, instruir, promover novos conceitos dentro da empresa, semear ideias e estabelecer uma comunicação interna eficiente entre a companhia e o colaborador.

Para que o sistema possa ser aplicado no seu negócio e realmente proporcione os frutos e vantagens oriundas da educação corporativa, é importante buscar por uma ferramenta séria e comprometida em oferecer as melhores soluções do mercado.

Quais funções um LMS deve ter?

Para fazer uma boa escolha, é importante conhecer as funções que um bom sistema deve apresentar. Para orientar essa decisão, separamos alguma delas. Confira!

Facilidade no uso

Quando o assunto é a educação dentro das empresas, os gestores precisam ter a consciência de que estão lidando com o mais variado perfil de pessoas. Nesse contexto, a plataforma LMS ideal deve ser intuitiva e fácil de usar.

Se o objetivo é a contínua capacitação da equipe em busca de melhores resultados para o negócio, é imprescindível que a ferramenta seja acessível a todos.

Integração com outros sistemas

A integração entre sistemas é outra grande tendência do mundo corporativo, principalmente quando se trata de uma gestão de RH estratégica.

Uma boa plataforma LMS deve oferecer um sistema de compartilhamento de dados. Uma das ferramentas mais importantes do RH estratégico é a gestão de talentos, cujo principal objetivo é aproveitar as habilidades de cada colaborador em particular para direcioná-lo às funções pertinentes a elas e, dessa forma, aumentar a produtividade.

Nesse contexto, o LMS pode ser integrado aos programas voltados à análise de dados. Assim, o desempenho do trabalhador mediante ao curso pode ser avaliado e seus resultados aproveitados da melhor forma o possível.

Suporte para aprendizagem móvel

Ferramentas úteis devem acompanhar as tendências do mercado. Se hoje o cotidiano está cada vez mais interativo, a comunicação mais ágil e a mobilidade se tornou um dos pré-requisitos para facilitar a vida pessoal e profissional, um bom sistema deve atender a essas expectativas.

Por isso, é fundamental que os materiais para treinamento sejam disponibilizados garantindo o acesso por meio dos dispositivos móveis, como smartphones e tablets.

Aqui, é importante ter muita atenção a respeito de um importante aspecto: o design responsivo, que permite que um conteúdo seja acessado em qualquer tamanho de tela. A maioria dos aparelhos apresenta navegadores eficientes, mas nem sempre as informações aparecem ajustadas e configuradas de acordo com o dispositivo.

Lembre-se sempre que o ambiente de aprendizagem deve ser democrático, e isso inclui poder acessá-lo em qualquer local.

Suporte à aprendizagem mista

Sistemas de Gestão de Aprendizagem podem ser muito eficazes no que diz respeito aos cursos online, mas é importante que seu conteúdo possa ser facilmente acessado fora da web.

É importante considerar que, em algum momento, o colaborador queira ou necessite acessar as informações de lugar em que a internet não está disponível.

Isso faz do suporte para a aprendizagem mista um recurso quase que obrigatório do LMS. A aprendizagem offline também deve ser acompanhada, registrada e avaliada, juntamente à online.

Relatórios de acompanhamento

Como citamos acima, os treinamentos e seus resultados devem ser devidamente acompanhados e registrados, revelando mais um recurso fundamental que um sistema LMS deve apresentar.

A empresa deve ter acesso, no mínimo, aos módulos concluídos, ao progresso dos colaboradores em cada assunto e aos resultados das avaliações de desempenho dos cursos.

Quais as vantagens de um LMS para empresas?

As expressões “capacitação de colaboradores” e “desenvolvimento de habilidades”, por si só já nos remetem a uma prática vantajosa para as empresas.

Entretanto, é necessário avaliar os benefícios quando esses instrumentos são concedidos por meio das plataformas LMS. Conheça!

Aumenta a acessibilidade

Sem uma plataforma LMS, muito provavelmente os módulos de treinamento EAD ficarão bagunçados e sendo distribuídos aleatoriamente.

A desvantagem é que os arquivos ficam ultrapassados, podem ser excluídos e fica difícil retomar o aprendizado.

O padrão do sistema LMS é fornecer todas as suas atividades em um único ambiente. Assim, a empresa pode hospedar todos os seus cursos, de maneira personalizada, com segurança e profissionalismo.

Reduz os custos com treinamento

Como toda iniciativa corporativa, conceder treinamentos para a equipe é um investimento, ou seja, gera custos.

Ao adotar uma plataforma de e-learning, a empresa faz uma grande economia, uma vez que não precisa arcar com equipamentos, impressão de apostilas, contratação de monitores e outros custos que envolve um treinamento.

Simplifica os processos de treinamento para novas contratações

As plataformas de e-learning não só reduzem os custos com os treinamentos, como também simplificam esses processos.

O ideal para manter o orçamento equilibrado seria treinar todos os novos colaboradores de uma só vez. Entretanto, são vários os motivos que dificultam essa estratégia. Entre eles, podemos citar as necessidades em particular de cada setor, e o fato de que nem sempre as equipes conseguem iniciar suas atividades ao mesmo tempo.

Quando a empresa conta com o auxílio de um Sistema de Gerenciamento de Aprendizagem, pode ter os módulos permanentemente disponíveis e acessados em qualquer período. Dessa forma, a empresa pode prosseguir com as contratações sem se preocupar em coincidi-las com uma agenda de treinamentos presencial.

Colabora com a retenção de talentos

Atrair e reter talentos não é uma prática que depende exclusivamente do retorno financeiro que esses profissionais terão ao ingressar na sua empresa. É preciso trabalhar com vantagens que dê ao colaborador a certeza de que é valorizado dentro do negócio.

Quando a organização investe nas habilidades da sua equipe, oferecendo programas de capacitação contínua, os colaboradores sentem que a empresa acredita no seu potencial individual e coletivo.

Ao construir uma carreira em W, a tendência é permanecer no emprego e se dedicar para conseguir alcançar uma posição cada vez melhor.

Ao contar com uma plataforma LMS, é possível verificar quem realmente está empenhado nessa jornada. As aulas podem ser oferecidas como os cursos EAD das instituições de ensino mais tradicionais, ou seja, os interessados têm a possibilidade de estudar no conforto de suas casas.

Dessa forma, a empresa consegue observar quem está firme em seu objetivo de crescer junto à corporação.

Melhora a satisfação do cliente

Cliente satisfeito é aquele que, além de contente com o produto adquirido ou serviço prestado, foi bem atendido. E um bom atendimento também é fruto de funcionários bem treinados.

O comportamento do consumidor nunca permanece o mesmo, as melhores maneiras de se relacionar com ele é acompanhar esse dinamismo da relação, precisando estar atento para não conservar uma equipe ultrapassada.

Quando a sua concorrência está um passo à frente, a tendência é perder alguns clientes. Então, aproveite os benefícios das plataformas LMS para adotar uma política de capacitações contínuas e oferecer sempre uma equipe adequada às atuais necessidades dos indivíduos!

O que mudou com a chegada do LMS?

A realidade é que as plataformas LMS podem otimizar o trabalho do departamento de Recursos Humanos. Só o fato de ser uma ferramenta tecnológica já contribui para esse trabalho.

Antigamente, todos os registros eram feitos em papel e os arquivos eram armazenados em armários que ocupavam um grande espaço físico. Agora, os computadores são capazes de armazenar em uma única máquina, centenas de documentos, especialmente quando se usa a tecnologia em nuvem para isso.

O ambiente corporativo está se modernizando, e com o passar do tempo, fica cada vez mais informatizado. Os investimentos agora são voltados para ferramentas que promovem uma rotina mais ágil e prática para as atividades internas, canalizando as energias dos profissionais para a geração de negócios, uma vez que os processos burocráticos e as rotinas administrativas podem ser controladas por softwares e sistemas especializados.

O Sistema de Gestão de Aprendizagem atua nesse cenário. A plataforma, desenvolvida a partir de métodos pedagógicos para conceder práticas de educação corporativa por meio do modelo de ensino a distância, oferece os recursos necessários para que os processos de aprendizagem aconteçam com mais facilidade a um custo mais baixo, como você pôde conferir nos tópicos anteriores deste artigo.

Os treinamentos online personalizados possibilitam que a empresa dedique mais tempo e recursos nas etapas de planejamento e avaliação de desempenho dos funcionários, do que no desenvolvimento da atividade em si, que fica sob a responsabilidade do especialista.

Porque são mudanças positivas

Qualquer mudança proposta para o ambiente corporativo costuma gerar resistência por parte dos colaboradores. É comum não se adaptarem instantaneamente, ficarem insatisfeitos e a empresa não ter os resultados esperados logo de cara.

Contudo, quando a transformação proposta é a adoção de modelos de educação corporativa, as chances para que isso aconteça são praticamente nulas.

Os recursos disponibilizados por essas plataformas proporcionam uma gestão de conhecimento efetiva, e essas informações são de extrema relevância para que a empresa saiba exatamente onde estão localizadas as satisfações e insatisfações dos seus colaboradores.

Dessa forma, fica mais fácil conceder um treinamento condizente com suas necessidades e, consequentemente, promover a satisfação das equipes.

Qual a diferença entre LMS e LCMS?

Ao procurar por referências sobre as plataformas LMS, você provavelmente pode ter se deparado com a sigla LCMS. É importante que você conheça as diferenças entre as duas, então, acompanhe!

Enquanto o LMS se trata do sistema de gestão de aprendizagem, o LCMS se refere à gestão de conteúdos para que essa aprendizagem possa acontecer. Devido à semelhança entre os nomes e as siglas, você pode se confundir na hora de pesquisar os fornecedores e fechar os contratos. É preciso tomar muito cuidado nessa etapa, pois, apesar de serem sistemas complementares, colecionam algumas diferenças relevantes entre si.

A principal função do LMS é melhorar as competências dos colaboradores e o desempenho individual e coletivo desses indivíduos dentro da organização, por meio de cursos online e salas de aula virtuais, por isso, é importante fazer um mapeamento de competências na sua empresa.

Enquanto a plataforma dedica-se a maneira na qual esses treinamentos serão administrados, pautados nas estratégias de redução de custos e organização do ambiente para que o conteúdo seja acessado da melhor forma o possível, o LCMS está focado nesses conteúdos em si.

Ou seja, enquanto o LMS se apresenta como uma solução de alto nível para a gestão da educação corporativa, o LCMS cria os conteúdos que serão ministrados, de maneira personalizada e no tempo hábil desejado pelo cliente. Por esse motivo, o recomendado é que as empresas invistam em uma plataforma LMS e depois integrem o LCMS a ela.

Vale ressaltar que os dois sistemas são capazes de gerir o conteúdo dos cursos e acompanhar o desempenho dos usuários. Contudo, o LMS faz uma administração panorâmica entre cursos, currículos e resultados, enquanto o LCMS estruturam os conteúdos para um melhor aproveitamento.

Como pode otimizar o setor de RH?

Como já exposto anteriormente, a tecnologia é uma aliada na melhoria dos processos de aprendizagem e o e-learning pode ser implementado para treinar o público interno, parceiros de trabalho, na integração de novos colaboradores e até mesmo com os clientes, orientado essas pessoas na utilização do produto comercializado pela empresa.

Quando o objetivo desse treinamento consiste em alinhar os conhecimentos das equipes em relação aos produtos comercializados ou serviços prestados, a organização garante que os clientes recebam informações e orientações corretas.

Além disso, disseminar esse conteúdo e desenvolver a atuação do profissional para prestar um bom atendimento ao cliente e expandir o conhecimento sobre técnicas de negociação têm impacto direto no que diz respeito aos resultados da empresa.

O LMS dinamiza esse processo de aprendizagem, concedendo um caráter atrativo e acessível aos funcionários e permite que o departamento de Recursos Humanos monitore e avalie o desempenho dos participantes por meio de dados sólidos e seguros.

O aumento da produtividade do setor de RH está diretamente ligado às habilidades da equipe. Um grupo capacitado necessita ser treinado regularmente, e perceber as reais necessidades da equipe colabora para a construção de uma agenda realmente efetiva.

Quando a empresa trabalha na construção de uma equipe capacitada, os colaboradores adotam uma postura cada vez mais profissional e interessada no seu crescimento. Assim, o RH pode se dedicar a uma atuação mais estratégica, menos operacional e perde menos tempo gerenciando conflitos internos.

Como escolher uma plataforma LMS?

Agora que você já sabe o que é LMS e recebeu uma enxurrada de informações a respeito do seu funcionamento e benefícios, chegou a hora de entender um pouco melhor como escolher uma plataforma que atenda às necessidades da sua empresa!

Determine os seus objetivos de treinamento

Estratégias não são lançadas ao vento, elas necessitam ter objetivos e metas bem delineados. Portanto, a empresa precisa estar ciente do que está buscando para saber o que encontrar.

De antemão, algumas perguntas básicas devem ser respondidas:

  • Quais os seus principais objetivos em relação ao treinamento de colaboradores?
  • Quais são as habilidades ou competência que seus colaboradores precisam obter?
  • Quais a reais necessidades do uso do LMS pelas equipes? Por exemplo, baixo custo, possibilidade de estudar em qualquer local ou ter um programa de treinamento sempre disponível para novos contratados?

Baseado nesses elementos, é hora de sair em busca da plataforma que mais adequa às suas necessidades!

Considere a capacidade de sua equipe

No início do artigo, pontuamos que a facilidade no uso da plataforma deve ser considerada uma função básica do sistema. Entretanto, os cursos devem ser atrativos para o público-alvo.

Isso significa que é papel da empresa conhecer os indivíduos que vão receber os treinamentos, para que a escolha do sistema e suas funcionalidades sejam compatíveis com a capacidade de cada um, sem pecar pela complexidade ou simplicidade.

Quando o LMS é muito simples e fácil de usar, pode estar limitando o potencial de aprendizagem. No entanto, um sistema muito complexo pode travar a evolução de um capital humano mais inexperiente em termos de tecnologia.

Experiência do fornecedor em projetos similares

Para conhecer melhor o fornecedor que pretende contratar e realizar a escolha com segurança, é importante saber quem são os clientes dessa companhia. A busca por um case de sucesso pode ser realizada tanto online como ligando para essas organizações em busca de referências.

Fique atento aos projetos similares ao que pretende implementar, informe-se sobre o suporte oferecido e a disponibilidade da equipe em atendê-los.

Lembre-se que uma boa plataforma concede treinamentos personalizados, por isso, conhecer o atendimento e os profissionais dispostos a lidar com essas questões é fundamental.

A educação corporativa é um assunto que deve ser tratado com seriedade e empresas preocupadas com a sustentabilidade da sua marca diante de um mercado tão competitivo precisam desapegar da ideia ultrapassada em conceder treinamentos óbvios e engessados.

Palestras motivacionais, nomes de relevância no segmento de atuação, cursos básicos para as funções que necessitam de capacitação constante são importantes, mas devem ser oferecidos acompanhando as tendências tecnológicas do mercado.

Neste artigo, procuramos manter o foco na redução de custos, compatível com o aumento dos resultados proporcionados pela adoção de uma política de desenvolvimento de habilidades. Afinal, quanto mais os colaboradores forem capacitados para desempenhar suas funções, mais produtivo serão os processos.

As plataformas LMS não só correspondem a essas expectativas, como otimizam o trabalho do departamento de Recursos Humanos ao ter sempre em mãos cursos de qualificação que incentivem o crescimento do profissional junto ao negócio ou treinamento de novos colaboradores, sem a necessidade de preparar toda uma estrutura física para que isso aconteça.

Empresas que fazem essa escolha agem com responsabilidade. O LMS otimiza o trabalho do RH em relação aos treinamentos corporativos, além de proporcionar vários benefícios como listados ao longo do texto.

O segredo para uma empresa ter sucesso é, sem sombra de dúvidas, o investimento no seu capital humano!

Esperamos que o nosso artigo tenha respondido às suas dúvidas sobre o que é LMS e a partir de agora você possa se sentir mais seguro para planejar suas estratégias de treinamento corporativo, adotando uma política realmente efetiva e que traga os resultados esperados.

Se você já está em busca de um parceiro, conheça a Woli para acompanhar nessa missão. Visite agora mesmo o site da empresa, veja todos os produtos e serviços. São 16 anos de experiência e mais de dois mil cursos desenvolvidos, vale a pena conferir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *