Seleção às cegas: entenda como funciona e quais as vantagens

Tempo de leitura: 6 minutos

A seleção às cegas é uma tendência na contratação de funcionários, porém ainda está engatinhando no Brasil. Ela surgiu na Alemanha e foi adotada primeiramente nos Estados Unidos, na Suécia e no Reino Unido, mas agora está se espalhando para várias partes do mundo.

Trata-se de uma maneira de levar mais diversidade para dentro das organizações. Isso porque tal processo de recrutamento não avalia idade, sexo, endereço, estado civil, formação e demais características pessoais.

Você deve estar se questionando: será que essa técnica dá certo? Continue a leitura para conferir como funciona e entender quais são suas vantagens!

Saiba o que é a seleção às cegas

Quando estamos em uma entrevista de emprego, é natural que as características pessoais sejam consideradas. Isso porque as empresas gostam de conhecer o candidato para ter a certeza de que ele é (ou não) o talento necessário naquele momento.

Contudo, a seleção às cegas surge para reverter completamente essa ideia. A técnica já é adotada por grandes companhias, como é o caso das filiais brasileiras da Nubank e a GE, que afirmam alcançar resultados muito positivos.

Essa prática aumenta as contratações que são baseadas no desempenho e no conhecimento técnico do candidato. Assim, as organizações buscam por habilidades e não se importam com a imagem do candidato ou demais características — não existe mais aquela história de contratar uma mulher bonita para realizar o atendimento ao público, por exemplo.

Com o objetivo de aumentar a produtividade, a técnica ressalta que o que importa em um processo seletivo é unicamente se a pessoa está preparada para assumir o cargo e lidar com as situações do dia a dia.

Entenda como a técnica funciona

A essa altura do campeonato, você deve estar se questionando sobre como tal técnica funciona. Vamos lá!

A instituição contrata um software de seleção, sendo que o candidato precisa entrar na plataforma e preencher todos os dados solicitados. A empresa, então, recebe um currículo cego, pois não há informações pessoais do profissional.

A triagem é feita e o recrutador analisa todos os currículos com base nas habilidades e competências que a pessoa preencheu. A entrevista presencial é realizada por um serviço terceirizado de Recursos Humanos, que foca as perguntas nas habilidades técnicas que estão definidas para a função.

O intuito é perceber se o candidato pode superar as expectativas da empresa e cumprir com os objetivos do cargo. Contudo, vale ressaltar que, para adotar esse tipo de filosofia, a organização precisa estar preparada para aceitar a diversidade por parte de todos.

Ou seja: a diversidade deve constar na cultura da companhia. Afinal, todos os funcionários e gestores necessitam trabalhar harmoniosamente e não fazer diferença entre os colegas.

Conheça suas principais vantagens

Se a empresa vive uma cultura de mente aberta e sabe trabalhar com a diversidade, investir na seleção às cegas é uma alternativa para reinventar e inovar o processo de recrutamento. Confira algumas de suas vantagens:

Mais produtividade

A equipe não é norteada por formação, gênero, cor da pele ou experiências comprovadas na carteira de trabalho. Ela é movida com foco na capacidade e no talento de cada um para desempenhar bem o seu papel.

Isso resulta em um time produtivo, pois todos que estão no setor dominam o assunto e sabem resolver os problemas que surgem.

Mais diversidade

A maioria das pessoas sonha em viajar para novos lugares e conhecer outras culturas, valores diferentes e povos que não sejam os habituais, concorda? Com a cultura da diversidade, é possível que isso aconteça dentro de seu próprio ambiente de trabalho.

Além de ter contato com novas realidades, há espaço para o público LGBT, negro, deficiente, idoso e feminino. Assim, todos têm os mesmos direitos, chances e oportunidades.

Mais tolerância

A pessoa é contratada na empresa por seu talento e pela capacidade técnica sobre o setor em que atua. Contudo, ninguém sabe como são seus gostos, seus valores, sua personalidade e seu jeito.

Em uma companhia que não promove a cultura da diversidade, esse fato pode gerar muitas dificuldades de relacionamento entre os colegas, que são intolerantes e podem criar um ambiente pesado ou até doentio para se trabalhar (devido às brigas).

Por isso, se a organização for aderir a esse tipo de seleção, é muito importante ter em mente que é preciso trabalhar a valorização das diferenças.

Esses programas podem ser implementados junto às ações de comunicação interna. Deve haver a promoção de palestras, encontros, mudanças de comportamento e até o incentivo à tolerância com pensamentos arbitrários.

Saiba como implementar a seleção às cegas em uma empresa

Você ficou interessado por tudo o que apresentamos neste artigo? Então, comece a pensar em implementar esse tipo de recrutamento e seleção na empresa em que atua!

O primeiro passo é desenvolver programas de comunicação interna que valorizem as diversidades. Assim, você começa a criar uma cultura de respeito entre as pessoas e de valorização dos relacionamentos transparentes.

Depois, contrate um software que permita ocultar os dados pessoais do profissional e fazer a seleção dos candidatos sem solicitar fotografias. Os currículos (sem essas informações, obviamente) são enviados para a pessoa responsável pela triagem.

Na sequência, é preciso contratar uma agência para realizar uma entrevista presencial com o candidato e conferir todas as suas habilidades. Ou, então, você pode enviar um teste de qualificação técnica, que também deve ser entregue para a empresa de maneira anônima. O objetivo dessa segunda etapa é avaliar as capacidades técnicas das pessoas.

A seleção às cegas é uma tendência no setor de recrutamento das empresas, pois promove a diversidade e o respeito pelas diferenças dentro das organizações. Assim, o candidato ganha a vaga devido a seus conhecimentos técnicos e habilidades — e não por suas características pessoais, tais como sexo, idade, estado civil, gênero ou condição social.

Com este artigo, você aprendeu o que é e como funciona a seleção às cegas. Vimos, ainda, como verificar quais são as vantagens do programa.

Nossas dicas foram úteis? Faça parte de nossa rede de clientes especiais e inscreva-se para receber nossa newsletter com os melhores conteúdos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *