Por que a diversidade no ambiente de trabalho é necessária?

Tempo de leitura: 6 minutos

Investir em diversidade no ambiente de trabalho é uma das maiores tendências do mercado atual. Além de ser uma demanda social, promover a inclusão de pessoas diferentes no mesmo contexto é uma vantagem estratégica para as empresas. Afinal, uma organização com uma equipe diversificada consegue obter vários pontos de vista sobre determinado assunto e criar soluções para públicos distintos.

Embora o cenário esteja mudando aos poucos, a diversidade ainda não é realidade na maioria das empresas. Segundo o IBGE, a população negra do Brasil corresponde a 54,9% do total, mas apenas 4,7% deles estão no quadro executivo das organizações. Outro exemplo: temos cerca de 45 milhões de pessoas com deficiência (PCDs) no Brasil, mas somente 0,84% estão incluídas formalmente no mercado de trabalho.

Tendo em vista esses dados, pode-se dizer que empresas que se preocupam com diversidade contribuem para tornar a sociedade mais inclusiva e se tornam mais competitivas no mercado. Pensando nisso, explicaremos neste post a importância dessa prática e como investir nela de forma efetiva. Quer saber mais? Confira a seguir!

Quais são as vantagens da diversidade no ambiente de trabalho?

Nos últimos anos, movimentos sociais que reivindicam a igualdade de minorias ganharam força globalmente. Promover a inclusão no mundo corporativo significa entender a importância do respeito e da valorização das diferenças. É aí que entra uma das principais vantagens desse posicionamento para as empresas: melhorar a employer brand (marca empregadora).

Se uma empresa é reconhecida por sua diversidade, cada vez mais pessoas de diferentes origens terão interesse em se juntar a ela. Isso facilita a atração de talentos, já que as opções de candidatos para preencher as vagas serão sempre abundantes e qualificadas.

Reter esses profissionais na organização também é mais fácil, afinal, um ambiente respeitoso e diverso favorece o clima interno. Com isso, os colaboradores ficam mais satisfeitos com seus empregos e os conflitos no dia a dia diminuem, o que mantém a produtividade e a eficiência em alta.

Outro grande benefício da diversidade no ambiente de trabalho é o enriquecimento cultural da empresa. Pessoas com origens, crenças, etnias, orientações sexuais e classes sociais diferentes trazem para a organização ideias e visões de mundo nada parecidas umas com as outras.

Isso está associado ao desenvolvimento de produtos mais criativos e inovadores, que não seriam possíveis se todas as pessoas da equipe tivessem vivências parecidas.

Quais são as melhores práticas para promover a diversidade?

Recrutamento inteligente

O apoio à diversidade deve começar ainda no processo seletivo. Desde o início, os recrutadores devem buscar profissionais com diferentes perfis, evitando formar uma equipe com pessoas que pensem sempre da mesma forma.

Uma boa maneira de fazer isso é praticar a seleção às cegas e eliminar dos currículos detalhes que não dizem respeito às qualificações do profissional, como nome, gênero, idade, entre outros dados.

A cultura inclusiva precisa ser apresentada logo nas primeiras entrevistas para que o RH possa avaliar se o candidato está apto a conviver com pessoas diferentes.

Respeito e inclusão no dia a dia

Apenas contratar profissionais de várias origens não basta: é preciso saber incluir as pessoas e estimular o respeito entre elas. Favorecimentos não podem existir, seja qual for o motivo. Os profissionais devem ser avaliados única e exclusivamente por seus resultados e habilidades. Da mesma forma, a cobrança deve ser a mesma para todos.

Piadas sobre sotaque, orientação sexual, cor, religião e outros assuntos sensíveis devem ser banidas no ambiente de trabalho. Por mais que esse tipo de brincadeira seja considerado inofensivo para quem o faz, pode ser extremamente depreciativo para quem é alvo do comentário.

Em casos assim, os líderes e o RH devem ter uma conversa firme com o agressor e deixar claro que esse tipo de comportamento não será tolerado na empresa. Se as situações se repetirem, o melhor é optar pela demissão da pessoa.

Criação de comitês específicos

Muitas empresas criam comitês para promover ideias ou bandeiras de incentivo à diversidade. Esse tipo de ação pode ser uma ótima alternativa para conscientizar a equipe sobre a igualdade de gênero, racial e LGBT, entre outras. Isso aumentará a empatia, o entendimento dessas causas e o respeito entre os colaboradores.

Atenção à estrutura

Também é interessante que a estrutura da organização seja um espelho do seu público. Por exemplo: em um negócio no qual 70% dos consumidores são mulheres, faz muito mais sentido ter mulheres nos cargos de liderança do que homens. Muito além da igualdade de gêneros, também é uma questão de estratégia.

Quais são os maiores desafios dos líderes ao apostar na diversidade?

Para refletir sobre diversidade, é preciso estar aberto a novos aprendizados, abandonar preconceitos e desenvolver empatia e resiliência. Não é um caminho fácil, visto que a sociedade está repleta de crenças e comportamentos enraizados. Porém, os resultados desse esforço compensam e vão muito além do ambiente de trabalho.

Um dos maiores desafios dos líderes é adequar a cultura organizacional, que nem sempre tem a diversidade como um dos seus principais pilares. Essa mudança costuma enfrentar resistência de muitos funcionários, sobretudo em empresas mais antigas e tradicionais. Parte dos colaboradores pode acreditar que novas práticas não são necessárias, o que requer muita paciência e poder de persuasão por parte dos gestores.

Portanto, é impossível haver mudança sem o engajamento dos líderes. Eles devem ser o exemplo a ser seguido pelas equipes que buscam um ambiente mais inclusivo, aberto e produtivo. Para isso, todo gestor deve ter bom poder de comunicação, procurar desenvolver seus subordinados e reconhecer a importância da diversidade.

Se o líder for querido e carismático, será muito mais fácil influenciar todos a buscarem uma valorização cada vez maior das diferenças. Essa postura também permitirá tirar proveito das habilidades de seus talentos da melhor maneira possível.

Agora que você já entendeu a importância da diversidade no ambiente de trabalho, basta aplicar tudo o que aprendeu no dia a dia da sua empresa. Afinal, quanto mais gente diferente, melhor para o clima organizacional e para os resultados do negócio. Preparado? Mãos à obra!

Gostou do post? Para saber mais sobre estratégias de Recursos Humanos e recrutamento, confira agora 7 tipos de indicadores de RH mais importantes para as empresas. Esperamos você lá!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *