Confira a importância da cultura do feedback e saiba como estimulá-la!

Tempo de leitura: 6 minutos

No cenário corporativo, é muito comum que o líder tenha o papel de demandar tarefas e jamais receber críticas e sugestões dos funcionários. Essa atitude promove uma linha de comunicação de mão única. No entanto, precisamos conversar sobre a cultura do feedback!

Consiste em uma prática que gera uma comunicação de mão dupla, ou seja, o gestor apresenta os pontos fortes e os que precisam ser melhorados para os funcionários, e vice-versa. Esse tipo de comportamento traz resultados positivos para toda a organização.

Você se interessou pelo assunto? Então, continue a leitura para entender a importância da cultura do feedback e como estimulá-la na sua empresa!

Por que adotar a cultura do feedback na empresa?

A seguir, mostraremos as principais vantagens que esse hábito proporciona às empresas. Vamos lá?

Favorece o diálogo entre todos

A maior parte dos problemas internos da empresa se dá porque não há um diálogo eficiente. Muitos conflitos podem ser resolvidos e prevenidos se a empresa investir em uma cultura do feedback, uma vez que favorece a troca de informações entre todos.

Se a sua empresa evidencia que também há espaço para os funcionários compartilharem as suas angústias, problemas e ideias, eles se sentem mais confiantes para propor melhorias significativas e apontar as falhas do processo. Assim, o diálogo propicia uma relação de confiança mútua.

Promove o desenvolvimento das pessoas

Quando um funcionário se dedica a uma empresa, anseia por reconhecimento e oportunidade profissional. Dessa forma, ao investir na cultura do feedback é possível promover o desenvolvimento das pessoas.

Isso acontece porque o funcionário recebe retorno constante sobre as suas atividades diárias e aprende em quais aspectos ele pode melhorar. Além disso, viabiliza o reconhecimento de suas atividades, o que contribui para renovar seus ânimos.

Propõe um direcionamento de sucesso

Uma das vantagens da cultura de feedback é o de criar um plano de ação que direcione o funcionário ao caminho do sucesso. Nesse sentido, mapeia-se o que foi considerado positivo e também o negativo. Depois, cria-se um planejamento de ações para melhorar tudo o que foi apontado de negativo.

Essa atitude é muito importante para deixar o funcionário tranquilo quanto aos seus resultados negativos. Demonstra que ele precisa melhorar e que há tempo para o aperfeiçoamento. Inclusive, evita o sentimento de punição ou que ele trabalhe preocupado enxergando somente o lado negativo da situação.

Aumenta a motivação dos funcionários

As pessoas gostam de receber elogios, você concorda? Portanto, quando um gestor reconhece o trabalho do seu funcionário, estabelece confiança e tranquilidade. A partir daí, esse colaborador se sentirá estimulado a continuar produzindo com inovação e criatividade, em prol do desenvolvimento da organização.

Esse modo de agir impacta não apenas na motivação, mas também na satisfação dos seus funcionários. Por isso, muitas empresas implementam essa cultura para direcionar o alcance de resultados ainda melhores.

Diminui as taxas de turnover e absenteísmo

A cultura do feedback proporciona melhoria no ambiente de trabalho porque induz um relacionamento transparente entre todos os funcionários.

Vamos imaginar que um funcionário tem um problema que está interferindo negativamente nas suas tarefas diárias. Durante a reunião com o seu gestor, ele pode se abrir e receber ajuda para encontrar uma solução.

O melhor é que ele se sentirá mais seguro para expor o seu pensamento e os seus problemas, o que aumentará também a sua motivação. Consequentemente, isso diminui as taxas de turnover.

Quando o funcionário entende que faz parte de uma empresa que se importa com ele, com as suas atividades diárias e com os seus pensamentos, fica muito mais fácil prevenir problemas e resolver conflitos de uma maneira eficaz.

Além disso, se ele sabe que está sendo monitorado, certamente não quer que os pontos negativos apresentados na reunião sejam sempre os mesmos. Então, caso costume se atrasar ou faltar ao trabalho e isso for evidenciado como um ponto negativo, no plano de ação ele precisa se comprometer a melhorar nessa questão.

Ou seja, outra grande vantagem dessa cultura é que diminui as taxas de absenteísmo.

Como estimular a cultura do feedback?

Agora que você aprendeu sobre a importância da cultura de feedback e entendeu bem o conceito, veja algumas dicas sobre como estimulá-la em sua empresa!

Apresente o conceito

Principalmente se a sua empresa ainda não cultiva a cultura do feedback, é importante articular uma reunião (em grupos pequenos) para explicar o que é, a importância e os seus objetivos.

Para que o conceito funcione, os funcionários precisam entender o passo a passo e tirar as suas dúvidas. Também deve ficar muito claro que ninguém será punido por dar uma sugestão de melhoria para um gestor, por exemplo.

Contudo, se a sua empresa tem líderes não tão acessíveis, é importante promover treinamentos e reuniões com eles antes de expor a atividade para todos os membros da equipe. Já imaginou um funcionário apontar algo que considera negativo para o gestor e começar a tratá-lo com frieza? Certamente a cultura não funcionará, você concorda?

Invista em treinamentos

Os treinamentos da sua empresa não podem se basear apenas em itens técnicos e mercadológicos. Invista em cursos e treinamentos que foquem nas relações e na motivação dos funcionários. Por exemplo, você pode promover um workshop sobre a inteligência emocional e explorar sobre a importância do diálogo em todas as relações.

Faça uma premiação para as ideias inovadoras

Essa é uma ótima forma de estimular a troca de ideias entre gestores e funcionários. Quando alguém dá um insight sobre a melhoria de um processo produtivo e isso traz retornos significativos para a empresa, nada melhor do que investir em uma bonificação.

Tal prática estimula os funcionários a pensar “fora da caixa”, isto é, a serem mais criativos e inovadores.

A cultura do feedback traz grandes benefícios e resultados satisfatórios para toda a equipe. Ela melhora as relações e o diálogo dentro da empresa, além de permitir analisar o que está bom e o que precisa ser aperfeiçoado. Tudo isso garante um clima organizacional produtivo, o que favorece a redução do turnover e do absenteísmo.

Neste post, você aprendeu sobre a importância da cultura do feedback e também algumas dicas sobre como implementá-la. Aproveite e assine a nossa newsletter para ter acesso a mais conteúdos relevantes como este!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *