Como melhorar o processo de contratação nas empresas?

Tempo de leitura: 6 minutos

De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), as taxas de desemprego aumentaram em 13%. Apesar disso, encontrar o talento ideal para fazer parte da sua equipe não é uma tarefa tão simples. É necessário investir em um bom planejamento estratégico para melhorar o processo de contratação e garantir a admissão de bons funcionários.

O processo de contratação consiste em: descrever os objetivos e perfil do cargo, elaborar um roteiro de entrevista, fazer a triagem dos candidatos, entrevistar os interessados, aplicar dinâmicas e testes, fazer a análise e finalizar a contratação.

Vamos aprender mais sobre como melhorar o processo de contratação na sua empresa? Continue a leitura!

Veja qual é a importância de estruturar o processo

Ao encontrar o talento ideal, as taxas de absenteísmo e turnover diminuem, além de garantir a lucratividade do negócio, afinal, o funcionário correto desempenha as suas atividades com empenho, inovação, criatividade e sucesso. Além disso, favorece para que o fluxo de trabalho funcione adequadamente.

Por isso, estruturar o processo seletivo com calma e de maneira estratégica faz com que as contratações sejam mais eficientes, com processos claros, objetivos e bem definidos. Assim, você garante que o processo de contratação na empresa seja transparente e ético.

Elabore um perfil profissional detalhado

Converse com os gestores do setor em que o novo funcionário será contratado para avaliar melhor o dia a dia do trabalho e, inclusive, o ambiente organizacional naquele setor em específico.

Assim, é mais fácil elaborar um perfil que atenda não somente os requisitos básicos do cargo, mas também que contemple a realidade da empresa. Essa etapa é fundamental para ter a certeza de que o funcionário, por mais talentoso que seja, se adaptará com a rotina de trabalho e com a cultura da organização.

Na sequência, construa o perfil das competências que envolva os conhecimentos, habilidades e atitudes (CHA) do cargo em questão. Esse mapeamento serve de guia para todas as entrevistas.

Prepare-se com antecedência

O entrevistador é o principal responsável por garantir um processo seletivo eficaz. Ele é responsável por mapear as perguntas necessárias para a entrevista e avalia o comportamento e consistência das respostas — processo fundamental para garantir um processo de admissão certeiro.

A pessoa responsável pela entrevista precisa estimular (com as perguntas corretas) o candidato a falar, mas sem deixar o clima de interrogatório tomar conta. A conversa deve ser feita no formato de bate-papo, para deixar o entrevistado à vontade e confortável para responder todas as perguntas da maneira mais sincera possível.

Antes da entrevista, o profissional precisa estudar o currículo e evitar parecer confuso ou misturar as informações dos candidatos (isso acontece quando existe mais de uma pessoa interessada no cargo). Isso porque quanto mais o recrutador souber do seu potencial colaborador, mais fácil se torna o desenvolvimento da conversa.

Além disso, o recrutador precisa garantir que todos os entrevistados tiveram as mesmas questões abordadas, para promover um processo seletivo justo e coerente, garantindo que todos passaram por um roteiro semelhante.

Aplique uma avaliação comportamental

Além do bate-papo é importante aplicar uma avaliação comportamental para identificar diversos aspectos, como criatividade, liderança, inovação, trabalho em equipe, comprometimento, assiduidade, motivação e como ele lida com situações de estresse e pressão.

A avaliação comportamental é importante porque a rotina, as habilidades técnicas e o conhecimento de novos conceitos podem ser aprendidos durante a sua trajetória profissional. Contudo, habilidades sociais e de comportamento são atividades mais difíceis e delicadas de serem mudadas ou aperfeiçoadas.

Dessa maneira, encontrar uma pessoa que apresente valores semelhantes aos da empresa é fundamental para ter a certeza de contratar a pessoa certa. Essa avaliação pode ser feita por meio de:

  • dinâmicas de grupo;
  • testes;
  • entrevistas;
  • jogos;
  • provas situacionais;
  • observação direta.

Contudo, essa avaliação comportamental precisa ser aplicada por profissionais qualificados, como é o caso de psicólogos. Somente eles têm a formação e os conhecimentos necessários para elaborar o melhor teste e avaliar as respostas da maneira adequada.

Faça uma avaliação técnica

A avaliação técnica também é muito importante para identificar se o candidato tem o conhecimento necessário para ingressar na empresa. Principalmente, quando a organização precisa contratar funcionários imediatamente para não atrapalhar o processo produtivo do negócio. Nesses casos, é essencial a contratação de uma pessoa que já tenha as habilidades técnicas desenvolvidas.

Avalie se ele conhece as ferramentas certas de trabalho e se tem domínio e experiência no cargo. Por isso, é importante que o líder do setor elabore algumas perguntas práticas sobre o dia a dia ou, até mesmo, um teste prático para avaliar os conhecimentos do candidato.

Para conhecê-lo ainda mais, você pode aplicar outros tipos de teste, tais como:

  • teste de habilidade cognitiva: avalia as capacidades de inteligência;
  • teste de personalidade: avalia o comportamento;
  • testes situacionais: avalia como o funcionário lida com as atividades de rotina da empresa.

Use a tecnologia ao seu favor

O processo de encontrar o talento ideal exige que as empresas estejam cada vez mais competitivas para não perder tempo investindo em pessoas desqualificadas. Por isso, investir na tecnologia para melhorar o setor de recursos humanos é essencial para garantir a eficiência em cada etapa.

Utilizando a tecnologia, é possível otimizar as etapas do processo seletivo. Isso é possível por meio dos softwares de recrutamento e seleção. Confira alguns dos seus benefícios:

  • automatiza as tarefas;
  • cria um banco de dados de candidatos;
  • faz o cruzamento das informações;
  • seleciona os candidatos mais indicados para o cargo;
  • encontra o talento ideal;
  • cria um histórico do candidato;
  • melhora o tempo de contratação.

Saber como melhorar o processo de contratação nas empresas é essencial para melhorar o desempenho da organização. Contratar o talento ideal faz com que o time trabalhe mais motivado e satisfeito, pois os processos funcionam no fluxo correto. Além disso, diminui as taxas de absenteísmo e turnover e, consequentemente, garante a lucratividade da organização.

Neste post, você aprendeu como melhorar o processo de contratação nas empresas. Nós, da Woli, podemos ajudar a sua empresa a encontrar o talento ideal. Somos uma empresa especializada em gestão de RH e temos as melhores soluções para a entrada, avaliação, desenvolvimento e desligamento dos seus funcionários. Entre em contato conosco e saiba mais!

2 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *