4 maneiras de como a tecnologia impacta na gestão de talentos

Tempo de leitura: 6 minutos

O sistema de gestão de talentos mudou e as empresas precisam compreender isso: o que antes era um processo burocrático (pilha de papéis em cima da mesa) agora se transforma em assertividade e, o melhor, com pouco investimento de tempo. Isso porque as empresas estão utilizando os recursos tecnológicos como uma maneira de fazer com que a tomada de decisões do setor de Recursos Humanos (RH) seja mais dinâmica e objetiva.

A notícia boa é que isso é permitido por meio da transformação digital — movimento que possibilita o uso da tecnologia para garantir resultados empresariais mais eficazes. Ela causou grande impacto positivo no setor de RH.

Você quer entender mais sobre esse assunto? Então acompanhe-nos até o final deste post e conheça 4 maneiras de como a tecnologia impacta na gestão de talentos! Leia agora mesmo!

1. O uso da tecnologia para a gestão de talentos

Sabemos que um dos grandes sucessos para as empresas se manterem no mercado competitivo é a capacidade de inovação. Então, primeiramente é necessário compreender que a forma como as pessoas se comunicam, aprendem e compartilham o conhecimento está sendo transformado rapidamente por meio das novas tecnologias.

Podemos notar isso quando dificilmente encontramos um funcionário sem um aparelho eletrônico que possibilite o acesso à internet ou não tenha uma conta nas redes sociais.

No sistema de gestão de pessoas isso não é diferente: as plataformas que possibilitam a integração e o engajamento, como é o caso dos tablets e celulares, facilitam o recrutamento e fazem com que o setor de RH trabalhe de uma maneira mais dinâmica.

Afinal, não é preciso perder horas analisando currículos impressos de pessoas que, ao final de todo o processo, você percebe que não possuem o perfil adequado para a vaga.

Confira alguns benefícios do uso da tecnologia para a gestão de talentos:

  • automatiza as tarefas repetitivas;
  • cria relatórios muito mais úteis;
  • implementa novos sistemas de rotina;
  • substitui processos antigos e burocráticos;
  • reduz os custos;
  • promove a mensuração de resultados assertiva;
  • otimiza o tempo.

2. O uso de dados para encontrar currículos

Como citamos anteriormente, antigamente era necessária uma pilha de currículos em cima de uma mesa para a análise do perfil ideal para determinada vaga na empresa. Esse processo burocrático fazia com que o setor de RH perdesse muito tempo.

Atualmente existem inúmeros softwares de gestão que possibilitam fazer isso de uma maneira mais dinâmica e objetiva. Eles permitem criar um banco de dados dos candidatos, possibilitando:

  • manter o seu registro por muito tempo;
  • facilitar o controle dos dados;
  • permitir a análise comportamental;
  • permitir a análise de competências;
  • traçar o perfil do candidato;
  • pesquisar o candidato de uma forma mais rápida;
  • informar se ele é (ou não) apto para a vaga;
  • prestar feedback ao candidato.

Assim, o RH moderno não precisa mais perder horas arquivando, carimbando e analisando os currículos, podendo encontrar o talento ideal que a empresa precisa com apenas alguns cliques. Fácil e prático, não é mesmo?

3. O uso de aplicativos para dar e receber feedbacks e dicas de gestão

Outra tecnologia que permite a facilidade nos trabalhos diários no setor de RH é o uso de aplicativos específicos para o setor de recrutamento e seleção. Muitas empresas desenvolvem esses programas para atender às suas reais necessidades, ou seja, os aplicativos são personalizados de acordo com o que você espera dele.

Mas, para você ter uma ideia, de modo geral, eles permitem que você:

  • dê e receba feedbacks importantes em todos os setores;
  • tenha dicas de gestão que aprimoram o dia a dia empresarial;
  • configure alertas em aniversários, datas comemorativas e demais atividades em que é necessário criar ações com a equipe;
  • faça a mensuração do tempo;
  • configure alertas de reuniões.

Mas atenção! É preciso investir em aplicativos que permitem resultados mensuráveis. Do contrário, você vai investir em algo que não sabe se terá retornos, perdendo tempo e dinheiro.

4. O uso de softwares na interação entre colaborador e empresa

Sistemas rotineiros do setor de RH, como é o caso de controle de folha de pagamento e administração de férias, torna-se muito mais acessível por meio das plataformas digitais. Isso porque além do gerenciamento rápido desse sistema, os funcionários possuem acesso às informações pertinentes a ele.

Assim, tradicionais perguntas mensais sobre “quando sairá o pagamento?” ou “quando ganharei esse mês com os descontos?” o próprio funcionário pode ter acesso apenas se logando com sua conta.

Essa conexão entre a equipe permite autonomia por parte de todos. Além disso, os sistemas de intranet possibilitam diversas ações, tais como:

  • promover a integração da equipe;
  • promover a socialização;
  • criar ações de comunicação interna;
  • criar debates sobre novas ideias nos processos da empresa;
  • criar enquetes de melhoria constante;
  • mensurar os resultados de suas ações de comunicação interna.

Além disso, eles permitem que você realize pesquisas de satisfação com os funcionários. Assim você pode compreender o que eles pensam sobre determinado assunto, avalie a sua motivação e, com base nos resultados, crie ações de melhoria.

Você ainda pode disponibilizar o resultado da pesquisa, com gráficos e a explicação de cada item. Dessa maneira eles se sentem mais à vontade para expor a sua opinião verdadeira nas pesquisas, pois compreendem que ela tem valor. Imagine só: você aplica uma pesquisa, expõe os resultados para todos e insere o plano de ação para a equipe. Essa é uma das maiores ferramentas para promover a integração da equipe e para mostrar que a opinião do público interno tem (e muito) valor.

Se a sua empresa ainda não utiliza a transformação digital no setor de RH, saiba que ela está ficando para trás no mercado econômico. As empresas precisam investir em inovação e isso significa investir em tecnologias que permitem aprimorar a gestão de talentos.

Com este post você aprendeu 4 maneiras de como a tecnologia impacta na gestão de talentos dentro de sua organização. Se ficou com alguma dúvida, aproveite o momento e entre em contato conosco para que possamos explicar melhor como funciona esse processo. Será um prazer conversar (sem compromisso) com você!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *